sábado, 12 de junho de 2010

Sessão Solene comemorativa dos 17º Aniversário da Freguesia da Cruz Quebrada-Dafundo

Passaram ontem 17 anos da criação da Freguesia da Cruz Quebrada-Dafundo, tendo a Junta de Freguesia promovido uma Sessão Solene pelas 21.00h nas instalações da Faculdade de Motricidade Humana.

Com a presença da Banda da SIMECQ e do Grupo de Serenatas da FMH, foram homenageadas várias personalidades que ao longo dos anos contribuíram para o crescimento, dinamização e desenvolvimento da Cruz Quebrada-Dafundo.


Em representação do PSD, fiz uma intervenção (que pode ser consultada na íntegra aqui), em que como membro da Assembleia de Freguesia, simbolizei na pessoa do Sr. Mário Salgado, primeiro Presidente da Assembleia de Freguesia em 1984, o trabalho e dedicação à Freguesia de todos os homenageados.

Chamei de seguida a atenção para alguns dos desafios com que a Freguesia se depara. E enquanto uns, como a proposta de alargamento dos limites da Freguesia, com a integração do Alto de Santa Catarina, são extremamente positivos para o futuro da Freguesia, outros devem-nos deixar muito preocupados e atentos.

Em conversa com o Presidente da Junta de Freguesia (à esquerda) e com o Sr. Mário Salgado (à direita)

Refiro-me, neste último caso, ao Plano de Pormenor da Área da Margem Direita do Rio Jamor e da tão propagada venda de alguns terrenos do Jamor.

Estes dois projectos devem merecer a atenção e participação de todos, pois está em causa o futuro do Freguesia. Informei ainda ter já solicitado a convocação de uma Assembleia de Freguesia extraordinária, para de uma forma isenta e transparente e com a participação dos principais interessados neste projecto – a população, ser possível darmos o nosso parecer, sem querer inviabilizar à partida o plano mas tendo como ponto principal o bem-estar daqueles que hoje vivem ou trabalham na Freguesia.

De referir que estes dois temas mereceram a unanimidade dos representantes dos agrupamentos com lugar na Assembleia de Freguesia e presentes nesta Sessão (PSD, IOMAF e PS), tendo ainda sido referido pelo representante do IOMAF o projecto que pretende unir a CRIL à CREL e que a concretizar-se irá criar mais uma barreira entre a Freguesia e o rio e que deverá em minha opinião ser merecedor do nosso acompanhamento, enquanto membros da Assembleia de Freguesia.

5 comentários:

Helder Sá disse...

Paulo: parabéns pela intervenção. O PSD está de parabéns por ter um autarca como tu. Um abraço. Helder Sá

JOSE MARIA disse...

Parabens Paulo!
A intervencao e necessaria e util para o movimernto autarquico( Desculpe a falta de acentos e pontuacao mas aqui nos EUA, nunca mais introduzem esses pormenores)

Luis Tavares disse...

Podia ser agora, como noutra altura qualquer do passado recente em que acompanhei com gosto e muito interesse as tuas intervenções, sempre mais políticas e cívicas do que partidárias, pela força das circunstãncias bem conhecidas, mas sempre em prol do bem público que te comprometeste em dedender na tua tomada de posse. MUITOS PARABÉNS pelo teu trabalho, pela tua dedicação e entusiasmo e pelo teu importante testemunho de participação pública, isenta, transparente e clara, participação essa que podia e devia ser seguida por mais autarcas social democratas. Grande abraço de orgulho e de solidariedade em contar no concelho de Oeiras com um autarca destes. Sempre considerando,

Fernando Calçada disse...

Não tive acesso à totalidade da intervenção por não estar disponível online. Mas pelo texto temos de volta o Paulo Lopes que conheço: O Político que não se preocupa apenas com os seus interesses pessoais e partidários, mas também com o bem estar dos seus concidadãos. Parabéns. um abraço. Fernando Calçada

Anónimo disse...

A ligaçao da cril a crel pela margem do rio eh um absurdo a evitar a todo o custo!