quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Liberdade de Expressão, Grândola e o Relvas

Via 31 da Armada e Forte Apache
Os arautos da Liberdade de expressão, resolveram, nos últimos dias, a partir de um dos símbolos da nossa Liberdade, passarem para o insulto barato e para a censura. E não é o Relvas que está em causa, o que faz ou o que ele iria dizer. O que está em causa é a Liberdade.



A Liberdade que uns têm de criticar, não se pode sobrepor à Liberdade que todos temos de emitir a nossa opinião. Não podemos ficar calados e permitir que os valores da Liberdade e da Democracia, sejam postos em causa. Aqueles que agora fecham os olhos à intolerância serão os mesmos que, amanhã, dela se vão queixar.

Como o António Barreto, eu também não gostei do que se passou ontem. Não gosto de ver que a Liberdade no meu país esteja a ser posta em causa. Não quero pensar, que aqueles que lutaram por ela o tenham feito em vão. Não esqueço os homens que como o Tenente Coimbra e o Furriel Pires, caíram ao defende-la. Não quero de novo um PREC no meu país!

PS: Declarações de Augusto Santos Silva na TVI

1 comentário:

Francisco Manuel Gentil Apolónio disse...

O que é a liberdade?
É a liberdade de andarem a enganar o Povo Português?
Então, para não haver nenhum período revolucionário ou mesmo uma revolução, só uma solução! Uma sociedade justa, equilibrada e igualitária. E para isso só rompendo com este caminho de espoliação dos Trabalhadores e do Povo e de crescente dependência do exterior! A liberdade são os interesses! Sem trabalho, escola, habitação e saúde não há liberdade! Essa é que é essa!!!